quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Contran adia mais uma vez exigência de exame toxicológico

Exame será exigido a partir de dois de março para motoristas com habilitação nas categorias C, D e E. A resolução entraria em vigor no dia 1º.


O Conselho Nacional de Trânsito decidiu adiar mais uma vez a exigência do exame toxicológico para motoristas com habilitação nas categorias C, D e E. A resolução entraria em vigor no dia primeiro de janeiro. Agora, o exame só será exigido a partir de dois de março.

O teste será obrigatório para motoristas que quiserem tirar ou renovar a habilitação nas categorias C, D e E. Ele detecta se o condutor usou alguma droga em um período de 90 dias antes do exame.

O Contran explicou que o adiamento foi para unificar o prazo com uma portaria do Ministério do Trabalho, que vai exigir o mesmo exame para a admissão e desligamento de motoristas profissionais.

O Departamento Nacional de Trânsito ainda precisa credenciar os laboratórios para fazer o teste. Atualmente, nenhum no Brasil está habilitado.

Um comentário:

  1. Por que o CONTRAN quer aprovar o exame toxicologico mas mas eles estão.esquecendo.que este exame.e.pago nos motorista profissional. Que que teremos que arcar com os custo tanto faz o de carteira gistrado ou autónomo e são.muito caro para ser pago pelos motorista profissional teria que rever este projeto que e um abusos já pagamos caro a para fazer as mudança de categoria mais este custo com este exame isto e um roubo contra os motorista



    ResponderExcluir