sábado, 24 de outubro de 2015

O que você precisa saber sobre marcha e embreagem

Imagem: Diário de São Paulo
Entender um pouco sobre cada divisão interna do veículo é importante, pois facilita a identificação de problemas, além de desenvolver a aptidão para perceber quando o carro não está se comportando como de costume. Isso é ainda mais valoroso quando se trata de câmbio e embreagem, já que são partes substanciais para o funcionamento do veículo.

A embreagem faz a união do motor em rotação com a transmissão que está parada, já que o motor gira durante todo o tempo enquanto as rodas, não. É através do controle de patinagem que o carro pode ficar parado sem morrer, já que as rodas não ficam conectadas com o motor. Já caixa de câmbio, que controla as marchas do carro, adequa a rotação do motor por meio de engrenagens que, por sua vez, transmitem para o eixo das rodas uma rotação diferente do motor. As engrenagens podem, inclusive, não transmitir rotação alguma, mesmo com o veículo ligado.

Em outras palavras: a embreagem é a responsável por transmitir a força produzida pelo motor para a caixa de câmbio, que transmitirá esta energia para os outros componentes do sistema.

Manutenção e Boas Práticas
Para que essa permuta ocorra facilmente, é necessário que ambos estejam em boas condições. Entretanto, alguns motoristas possuem o hábito de dirigir apoiando a mão na alavanca do câmbio ou o pé esquerdo na embreagem. Nas duas situações o condutor está prejudicando o desenvolvimento dos mecanismos, pois essas práticas causam atrito interno e desgaste prematuro dos componentes.

Além disso, é aconselhável:
• Não pisar na embreagem durante curvas, uma vez que o carro fica “solto”, facilitando a ocorrência de acidentes;
• Não segurar o veículo em rampas com a embreagem, já que também causa desgaste e superaquecimento;
• Evitar arrancadas bruscas ou sair com o carro em segunda marcha;
• Verificar o nível do óleo do câmbio a cada 10.000 km e checar vazamentos;
• Não conduzir em altas velocidades com marchas baixas e pisar até o final do pedal antes de trocar de marcha.

Mantendo os bons hábitos e realizando as manutenções periódicas, estará garantindo a vida útil desses dispositivos fundamentais!

Este artigo foi criado pela equipe Ituran Rastreadores para uso exclusivo do blog Sala de Trânsito

Nenhum comentário:

Postar um comentário