domingo, 8 de fevereiro de 2015

Cuidados com o carro que só roda no fim de semana

Veículo parado também precisa de atenção e manutenção


De segunda a sexta, ele fica esquecido na garagem, mas é só o fim de semana chegar para o possante ganhar as ruas. Se você faz parte desse time de motoristas que só usa o carro de sábado e domingo, saiba que o carro que roda pouco precisa tanta manutenção quanto os que andam muito. Confira alguns cuidados especiais exigidos por esses veículos e faça bonito no trânsito. 

Ligue o carro 

Ligue o veículo pelo menos uma vez durante a semana. “Isso ajuda a lubrificar os componentes internos do motor, além de evitar que a bateria não descarregue de uma vez”, explica o profissional do setor automotivo Adalberto Gonçalves. Por via das dúvidas, ele recomenda que você tenha sempre no porta-malas os famosos cabos para “chupeta”, que ajudam muito se a bateria descarregar. 

Calibre os pneus 

A recomendação é que a calibragem seja feita entre 15 e 30 dias, mas o carro que passa muito tempo parado pode ficar com o pneu murcho mais rápido. Por isso, toda vez que for sair de casa, dê uma passadinha rápida no posto para ver como estão os seus pneus. “Agora se o veículo for ficar parado por vários meses, a sugestão é que fique suspenso sem contato dos pneus com o chão”, recomenda. A prática evita que a malha de aço que existe dentro dos pneus sofra deformação. 

Outros cuidados 

Se a revisão do carro estiver em dia e o freio nos trinques, ele não precisa de nenhum cuidado especial. Adalberto recomenda apenas deixar o freio de mão puxado para garantir a segurança. A gasolina tem prazo de validade grande, por isso, você pode deixá-la parada no tanque por alguns dias. Sempre que possível, guarde o carro limpo para evitar sujeiras que possam impregnar na pintura ou ocasionar mau cheiro interno. Se você não tiver garagem coberta, uma dica para proteger o carro do sol é utilizar capa de proteção, mas é preciso cuidado na hora de colocá-la.

Quando for sair com o carro, fique de olho no painel de controle para ver se alguma luz de aviso acenderá. Não é porque o carro roda pouco que a manutenção pode ser esporádica – ela deve ser feita com a mesma frequência de um carro que anda muito. “Manter as revisões preventivas sempre em dia também ajuda a evitar surpresas desagradáveis”, finaliza o profissional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário