segunda-feira, 9 de junho de 2014

DETRAN-PE inaugura blitz eletrônica no Estado

O projeto acelera o ritmo da abordagem dos condutores, contribui para a fluidez do trânsito e facilita a detecção de veículos roubados ou clonados


A partir desta sexta-feira (06 de junho), a Operação Trânsito Seguro, do DETRAN-PE, dá início a um novo formato de blitz: a blitz eletrônica.  Este novo tipo de fiscalização vem auxiliar a blitz tradicional, incorporando a ela a tecnologia de reconhecimento eletrônico de placas. O projeto contribui para detectar com mais rapidez veículos que apresentam irregularidades, a exemplo de suspeita de roubo e de clonagem, além de agilizar a abordagem dos condutores, colaborando para a fluidez do trânsito. O DETRAN-PE adquiriu duas centrais móveis de fiscalização eletrônica, uma para atuar em Recife e Região Metropolitana (RMR) e a outra para atuar no Interior do estado.

O sistema de fiscalização eletrônica está instalado em viaturas de médio porte, dotadas de câmeras com sistema de reconhecimento óptico de caracteres (OCR), além de notebook e rádio-transmissores, por meio dos quais a equipe alocada nas centrais móveis de fiscalização pode se comunicar com agentes de trânsito situados posicionados em diferentes locais. O raio de ação das câmeras é de 100 metros e elas são capazes de capturar a imagem de 4 placas a cada segundo.

A imagem captada pelas câmeras é automaticamente transmitida para o computador da central eletrônica de fiscalização. Os dados da placa são lidos e confrontados com o banco de dados do DETRAN. No mesmo momento, são fornecidas informações associadas ao registro do veículo, como por exemplo:

  • Se o veículo está com o Licenciamento regularizado
  • Se o veículo é suspeito de roubo ou de clonagem
  • Se o veículo possui alguma restrição judicial ou mandado de busca e apreensão
O sistema de fiscalização eletrônica mostra, para o agente de trânsito que estiver ao computador, o tipo de irregularidade do veículo por meio das cores verde e vermelha, aludindo às cores do semáforo e seus respectivos significados:
  • Verde indicando a ausência de irregularidades
  • Vermelho indicando que o veículo está irregular
O agente de trânsito presente na central de fiscalização eletrônica repassa a informação para os agentes localizados na blitz de abordagem presencial.

Com isso, o tempo de abordagem será consideravelmente reduzido, tendo em vista que, de posse da informação sobre a regularidade ou irregularidade do veículo, bastará ao agente verificar, na abordagem presencial, o porte dos documentos e o cometimento de alguma infração, a exemplo da alcoolemia.

Outra vantagem é que a detecção prévia de irregularidades pela central de fiscalização eletrônica, permite que o agente que estiver realizando a blitz de abordagem possa emitir com maior celeridade a notificação de infração, além de, prontamente, conforme a irregularidade detectada, recolher o veículo, levando-o ao depósito do DETRAN-PE.

A central de fiscalização eletrônica é capaz de monitorar vias de mão única e dupla, cruzamentos, entroncamentos e bifurcações, capturando as imagens dos veículos com qualidade, realizando o reconhecimento de placas dianteiras ou traseiras, independentemente da luminosidade ambiente, permitindo assim operações diurnas e noturnas. 

Campanha de conscientização sobre o porte do Certificado de Licenciamento Anual – O veículo onde funciona a central de fiscalização eletrônica do DETRAN é dotado de um visor eletrônico (de LED, o que significa economia de energia) no qual podem ser veiculadas mensagens e alertas relacionados à questões de trânsito e mobilidade urbana.  O DETRAN-PE utilizará este visor para dar esclarecimentos sobre o Certificado de Licenciamento Anual (CLA), alertando a população sobre os prazos-limite que o condutor dispõe para dirigir com o CLA do ano anterior. Serão veiculadas as seguintes mensagens:

1 - “Alerta DETRAN-PE: O Certificado de Licenciamento Anual (CLA) de 2014 não pode ser cobrado ao cidadão antes dos prazos-limites definidos em Lei”.
2 – “Atenção! Veículos com placa terminada em 1, 2, 3 ou 4: 30 de junho é data-limite para  circular com o Certificado de Licenciamento Anual (CLA) de 2013”.

As pessoas que não receberem o CLA em sua residência até 7 dias úteis antes da data-limite, devem procurar uma unidade do DETRAN e solicitar o CLA. Para isto, o proprietário deve ter em mãos os documentos de identificação (RG e CPF), além do original e cópia do Certificado de Registro Veicular (o CRV, popularmente conhecido como recibo). Confira abaixo as datas-limite para portar o CLA do ano passado.

Terminações
Prazo limite para circular com CRLV 2013
1, 2, 3 e 4
30/06/2014
5, 6 e 7
31/07/2014
8, 9 e 0
31/08/2014


Conheça mais sobre o processo de blitz eletrônica do DETRAN-PE:

  1. O veículo passa pelo equipamento
    1. Uma das câmeras instaladas na viatura capta a imagem do veículo
    2. Após a identificação, associada ao sistema de reconhecimento eletrônico de placas (tecnologia OCR), automaticamente serão geradas informações sobre a situação do veículo
    3. Por meio de rádio-transmissor, os integrantes da central de fiscalização eletrônica comunicam a irregularidade aos agentes de trânsito localizados na blitz presencial mais próxima
    4. Os veículos com alguma irregularidade serão parados para abordagem presencial pelos agentes do DETRAN-PE.

Fonte: DETRAN/PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário