segunda-feira, 4 de novembro de 2013

A importância do transporte público de qualidade

De fundamental importância nas cidades é o transporte público coletivo no qual várias pessoas são transportadas juntas em um mesmo veículo.

Nas cidades grandes, o transporte coletivo urbano também tem a função de proporcionar uma alternativa de transporte em substituição ao automóvel, visando à melhoria da qualidade de vida da comunidade mediante a redução da poluição ambiental, congestionamentos, acidentes de trânsito, necessidade de investimento em obras viárias caras, consumo desordenado de energia, etc.

O transporte público é, assim, imprescindível para a vitalidade econômica, a justiça social, a qualidade de vida e a eficiência das cidades modernas.

Atualmente os meios de transportes disponíveis para a nossa locomoção são muitos, em que vem causando grandes transtornos no trânsito brasileiro devido ao excesso e ao desrespeito a legislação atuante. Os meios de transportes são diversos e infelizmente nem todos tem a possibilidade de ter acesso ao um meio particular e, por isso, é que foi criado os transportes públicos, em que toda a sociedade poderia utilizá-los para se deslocarem de um ponto a outro e até mesmo de região a região.

O crescimento das cidades tem refletido no tempo que as pessoas demoram para ir de casa ao trabalho. O Censo 2010, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), perguntou aos brasileiros, pela primeira vez, o quanto demora esse percurso e descobriu que, para 52,2% da população, ele leva em média de seis a 30 minutos.Quem vive em unidades da Federação mais desenvolvidas e populosas, porém, costuma levar, em média, mais de uma hora. É o caso de paulistas e cariocas.

As três piores cidades brasileiras em relação ao quanto a população demora para ir e vir são nesta ordem: São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador.

É necessário o aperfeiçoamento da infraestrutura e da priorização das vias de ônibus para o transporte público ganhar mais velocidade, e consequentemente a preferência da população.

Uma das maneiras de se priorizar o uso de ônibus seria o sistema BRT (Bus Rapid Transit) que consiste basicamente em construir corredores exclusivos para ônibus.

O futuro deve pertencer ao transporte público de qualidade e acessível a todos. Para que isso aconteça será necessária uma mudança de mentalidade e a aceleração na realização de obras que privilegiem o uso do transporte coletivo como meio de deslocamento e que o uso de carros particulares seja secundarizado. Para o bem de todos nós e das futuras gerações. É preciso repensar.

GONZAGA PATRIOTA, Contador, AdvogadoAdministrador de Empresas e Jornalista, pós graduado em Ciência Política e Mestre em Ciência Política e Políticas Públicas e Governo e Doutorando em Direito Civil, pela Universidade Federal da Argentina. É Deputado desde 1982.

Um comentário: