sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Identifique ícones que sinalizam problemas nos freios

Com o aumento da tecnologia nos carros, os ícones do painel aumentaram. Se antes era normal ter um mesmo sinal para o freio de mão e para eventual falta de fluido, hoje há carros com até cinco sinais diferentes. Mas você sabe o que significa cada um?

O fato é que as lâmpadas no painel devem ligar na hora da partida e apagar alguns segundos depois. Se elas permanecerem ligadas ou derem sinal com o carro em movimento, é bom procurar uma empresa especializada. Com freio dá para brincar. 

Freio de mão 

É a mais conhecida. Ela deve ficar ligada somente quando o freio de mão estiver acionado. Caso ela permaneça acesa, a alavanca pode não estar descendo toda e, por isso, o carro pode andar travado. Em carros sem o ícone específico para o fluído, ela pode indicar também falta de fluido no sistema de freio. 

Fluido 

Nos carros de hoje em dia há uma luz separada da luz do freio de mão para indicar o fluido de freio. Se ela acender com o carro em andamento é bem possível que o reservatório esteja abaixo do nível e o sistema perdeu a pressão. Basta completá-lo. Se voltar a acender, pode haver vazamentos no sistema. 

ABS 

Nos carros já equipados com ABS (Antilock Braking System, "Sistema de Freio Antitravamento", em português) há uma luz específica no painel, geralmente com escrito “ABS” em amarelo. Pelos sensores ficarem nas rodas dos carros, é comum dar mau contato nos plugs. Se os plugs estiverem com mau contato, o ABS pode não estar funcionando corretamente, ou seja, os sensores instalados nas rodas para evitar o travamento perdem o sentido. 

Pastilhas 

Esse ícone ainda está presente em poucos veículos. Ele avisa o motorista se as pastilhas de freio estão em boas condições ou se precisam ser trocadas. Um sensor identifica a espessura mínima da peça. Mesmo com a luz, porém, o recomendado é revisar as pastilhas a cada 10 mil quilômetros. Em carros com computador de bordo, o ícone pode estar lá.

Fonte: Terra.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário