quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Dicas para garantir a cobertura do seguro

As apólices de automóveis oferecem uma série de serviços e de assistências que, atualmente, são bastante utilizados por todos


Quando contratamos um seguro, a principal expectativa é de que tudo corra bem na eventualidade de uma batida ou do roubo do veículo, por exemplo. Mas, para contatar o guincho, o socorro mecânico ou para casos mais simples, como a troca de pneus e até uma possível falta de combustível, é fundamental que o segurado fique atento a algumas questões que podem facilitar e agilizar o processo.

É normal que muitas dúvidas surjam, por isso, Manes Erlichman, sócio-diretor da Minuto Seguros – corretora especializada em vendas de seguros on-line –, elaborou dicas que ajudam na melhor forma de garantir a cobertura quando for necessário.

1) Pague em dia o seu seguro. Se você parcelou o pagamento, fique atento para não esquecer uma ou mais parcelas e correr o risco de ficar sem cobertura. Sempre que possível, opte pelo débito automático, pois nem sempre podemos confiar na nossa memória.

2) No momento da contratação, responda corretamente todas as perguntas feitas pela seguradora, pois elas influenciam no preço da apólice. Não vale a pena fornecer informações incorretas como, por exemplo, dizer que possui garagem em casa quando não tem, somente para obter um desconto indevido e depois ser surpreendido com uma recusa em caso de sinistro. Se tiver dúvida para responder uma determinada questão, peça orientação para a sua corretora de seguros.

3) Após a contratação, é muito importante informar à sua corretora qualquer mudança ocorrida na apólice, como, por exemplo, alteração de endereço ou se um filho que completou 18 anos também passar a dirigir o veículo. A seguradora irá analisar as novas condições e providenciar as alterações na apólice. Dependendo das modificações, você pode ter que pagar um valor complementar ou receber a restituição de parte já paga.

4) Mesmo protegido pelo seguro, procure dirigir de forma cautelosa, respeitando as normas de trânsito, os motoristas e os pedestres. Agindo de tal forma, além de reduzir a possibilidade de nos envolvermos em acidentes, não corremos o risco de problemas com a indenização. Por exemplo, aquele motorista que ao sair de casa decide arriscar e andar na contramão da rua que mora para cortar caminho não será indenizado ao se envolver em um acidente.

5) Se você ainda não se conscientizou sobre a perigosa combinação entre álcool e direção, vale a pena destacar que o motorista que estiver dirigindo alcoolizado perde o direito à indenização do seguro. As seguradoras, com toda a razão, são rigorosas nessa questão.

6) Contrate a sua apólice através de uma corretora de seguros. É fundamental poder contar com suporte especializado desde o processo de cotação, contratação e, principalmente, em casos de sinistros.

Manes ressalta que, além de estar atento ao movimento do mercado, o comprador deve analisar o seguro que esteja mais alinhado ao seu perfil. “Para oferecer produtos personalizados, as seguradoras e corretoras criam pacotes variados e com apólices cada vez mais abrangentes. Apostamos na facilidade proporcionada pela internet unida a uma equipe qualificada de atendimento por telefone ou chat, preparada para atender bem o cliente e com bagagem para esclarecer diferentes questões”, explica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário