segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Cinto de segurança do carro deve ser checado todo ano

Eles costumam ser lembrados pelos motoristas somente em situações de emergência. Mas além de obrigatórios, os cintos de segurança dos carros devem estar em boas condições para cumprirem seu papel. Veja, abaixo, dicas para não ter surpresas. 

Manutenção: os cintos devem ser checados uma vez por ano, recomendam as montadoras. É importante verificar o estado do cinto em si (também chamado de cadarço) para ver se não há partes rasgadas ou descosturadas. 

Torcido: evite usar o cinto de segurança quando este estiver torcido. Desta forma ele não cumpre sua função corretamente. Em caso de uma colisão, ele pode até ferir o ocupante. 

Engates: é preciso verificar se os engates não estão com folga e se estão bem presos à carroceria do carro. 

Troca: em caso de acidentes, a recomendação é trocar os cintos, mesmo que não existam problemas aparentes. 

Limpeza: deve-se tomar cuidado para evitar a contaminação da cinta com produtos para polimento, óleos, produtos químicos e especialmente com solução de bateria. A limpeza pode ser feita com segurança utilizando-se sabão neutro e água morna. Nunca utilize água sanitária. 

Fecho: certifique-se que não haja nada dentro do fecho. Neste caso, o cinto de segurança não poderá ser afivelado corretamente. 

Sujeira: atenção em relação à limpeza dos cintos. A sujeira pode obstruir o seu enrolamento automático. Resíduos também danificam o material do cadarço, provocando uma corrosão e o rompimento na hora de um choque. Se seu carro pega muita poeira com os vidros abertos ou se foi molhado por dentro, é recomendado fazer uma lavagem. Para lavar, o cadarço deve ser puxado todo para fora, limpo e guardado somente depois de seco. 

Nunca consertar: cintos de segurança jamais devem ser consertados. Em casos de defeito no pano ou em alguma peça, a parte defeituosa deve ser imediatamente trocada por um modelo igual ao recomendado pela montadora. O cadarço nunca deve ser costurado.

Fonte: Terra.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário