sábado, 7 de setembro de 2013

Som potente pede bateria especial no carro

Nada adianta comprar amplificadores modernos e instalar potentes alto-falantes se o carro não pega quando você vira a chave pela manhã. Não tenha dúvidas: se for instalar ou mudar o som do automóvel, faça uma checagem na bateria para ver se ela aguenta.

A bateria é uma peça fundamental para o funcionamento do carro. Sem ela, nenhum componente eletrônico funciona. Portanto, alguns cuidados são necessários para evitar que a sua bateria te deixei na mão. Thiago Marques, proprietário da Seven Sound, loja especializada em som automotivo no Rio de Janeiro, explica que é preciso diferenciar a proposta de som, para que assim seja possível tomar a decisão correta.

“O que pode interferir ou não na bateria é a potência do som. Caso seja um som apenas ambiente, com quatro alto-falantes, com o acréscimo até de um subwoofer, a troca da bateria não é necessária. Se a proposta for um conjunto bem potente, como a mala cheia de som, por exemplo, é preciso trocar a bateria do carro por uma mais potente ou usar uma bateria extra para alimentar somente o sistema sonoro”.

Um carro popular tem como média 50 amperes na bateria. Essa potência coloca em funcionamento todas as peças que precisam de energia para funcionar. Vidros elétricos, travas elétricas, ar condicionado e inclusive o som.  Por isso a importância de saber a proposta sonora para se adequar ou não à quantidade de energia exigida. 

Bateria especial
Caso a proposta seja um som muito potente, é possível encontrar baterias destinadas para esse fim. “Existem baterias mais potentes, destinadas para este tipo de som. Elas geralmente ficam escondidas no interior do veículo para não prejudicar a estética. São encontradas em lojas do ramo e alimentam apenas o som, evitando e preservando qualquer tipo de dano a bateria do veículo” concluiu Thiago.

Fonte: Terra.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário