terça-feira, 3 de setembro de 2013

ABS ou BAS? Veja a diferença das siglas do freio

Ao ler rapidamente, as siglas podem confundir. As letras são iguais, mas neste caso não vale aquela regra que a ordem dos fatores não altera o produto. Apesar de atuarem juntos, o ABS e BAS têm funções e atuações distintas.

Eles atuam em conjunto auxiliando o motorista na hora de parar o carro. Mais popular e conhecido, o ABS tem como função evitar o travamento das rodas durante uma frenagem de emergência.

Vindo do inglês, o Anti-lock Braking System (ABS) quer dizer sistema de freio antitravamento. Por meio de sensores instalados nos discos de freio, a informação sobre uma frenagem brusca é encaminhada a uma central eletrônica, que determina a soltura do freio gradativamente. Esse movimento permite a roda girar sem travar. A ativação e desativação do sistema se alternam e podem se repetir muitas vezes por segundo. Um aviso luminoso é exibido no painel quando o dispositivo entra em funcionamento, ou seja, em frenagem brusca.

Já o BAS (Brake Assist System) significa sistema assistente de freio. Através de sensores de curso e aplicação de força no pedal, ele avalia a utilização dos freios e envia um sinal ao módulo de comando eletrônico. Quando o motorista frear de modo forte e repentino, o BAS perceberá a necessidade de potência e, por meio de uma válvula, manterá a máxima aplicação dos freios, mesmo que a pressão no pedal seja reduzida. Sua principal função é reduzir os espaços de frenagem. Na prática, ele irá calibrar o sistema de modo que o veículo pare na menor distância possível sem perder a estabilidade. 

Ainda tem o EBD

Além desses dois assistentes, o sistema de freio também conta com o EBD, Eletronic Brake Force Distribuition, em inglês. Nada mais é que distribuição eletrônica da força de frenagem. Trata-se de um sistema de controle da força da frenagem nos eixos dianteiro e traseiro. É utilizado como auxiliar complementar do ABS para proporcionar melhor distribuição das forças empregadas na frenagem.

Fonte: Terra.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário