segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Balanceamento e geometria do carro não têm garantia

Quando você fizer as revisões do seu carro novo não estranhe a cobrança pelos serviços de balanceamento e geometria. É assim mesmo. Por se tratarem de itens de desgaste natural - assim como lavagem, reaperto e regulagem - nenhuma montadora os trata como garantidos.

O alinhamento (ou geometria) e balanceamento são fundamentais na manutenção do veículo, seja nas revisões obrigatórias dos carros novos ou nas revisões periódicas pós-garantia. Batidas, mudanças na suspensão e desgaste nos pneus estão entre os motivos que alteram o alinhamento da suspensão dianteira e podem provocar o desgaste prematuro nas peças. 

Menor durabilidade da suspensão
Se a suspensão não estiver alinhada conforme os graus estabelecidos, ela pode provocar durabilidade menor das peças da suspensão, aumento significativo do consumo de combustível, irregularidade nos pneus, desconforto na rodagem e redução na estabilidade.

Descritos no manual do proprietário, esses tipos de consertos não são cobertos, pois se tratam de reparos considerados naturais e que devem ser executados pelo dono do carro periodicamente. O balanceamento e geometria devem ser feitos a cada 10 mil quilômetros ou sempre que houver mudança na suspensão ou nas rodas dos automóveis.

Fonte: Terra.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário