terça-feira, 9 de julho de 2013

Chiado na embreagem pode ser rolamento estragado; entenda

Se você escuta no seu carro um ruído estranho que acaba ao pisar no pedal da embreagem, é bem provável que seja o rolamento estragado, também chamado de colar da embreagem. A causa para o rangido na peça pode ser a falta da lubrificação, seja pela ação do tempo ou desgaste ou pelo carro ter sido conduzido em um local alagado, como durante enchentes.

“Normalmente esse barulho é percebido quando não se está com o pé na embreagem. Faz o som quando se afrouxa o pé dela”, explica o supervisor técnico de Automotiva do Senai do Rio de Janeiro, Edilson Caldas.

O rolamento é responsável por empurrar o platô. Por isso, se estiver com barulho precisa ser trocado porque pode pifar completamente e deixar o motorista sem embreagem.

De acordo com Caldas, não há forma de resolver a falta de lubrificação no rolamento sem a troca dele, já que eles são blindados, e retirar o invólucro vai estragá-lo. E mesmo que se tente jogar óleo por alguma abertura, isso não só não resolverá o problema, como pode causar danos mais graves ainda. “Vai pegar na embreagem, que funciona por atrito, e ela vai começar a patinar”, alerta.

As montadoras recomendam sempre a troca do kit completo, que inclui além do colar ainda o disco e o platô, mesmo que aparentemente eles não estejam com problema.

O rolamento pode ser substituído sozinho, mas a tendência é de se trocar todo o conjunto. “Normalmente, quando o problema é só o rolamento, é causado por enchentes. E nelas, outras peças metálicas da embreagem podem oxidar e a tendência de quebra em pouco tempo é grande”, explica.

Mas também há outros possíveis motivos para a produção de rangido no sistema de embreagem. A quebra do disco, a mola de retenção solta, a torção do disco ou do platô, também causam barulhos.

Fonte: Terra.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário