quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Autoescolas não cumprem com horário exigido

O ABTV 1ª edição desta quarta-feira (26) começou com uma denúncia. É que algumas autoescolas de Caruaru não estão cumprindo o número de aulas que são exigidas pelo programa CNH Popular. Com isso, os alunos que precisam mudar de categoria, como por exemplo, passar a dirigir caminhões ou ônibus, vão para as ruas sem o conhecimento prático necessário.

Nossa equipe conversou com um homem que não quis se identificar. Ele garante que mudou a categoria da carteira de habilitação dele sem ter passado por nenhuma aula prática e que o primeiro contato com o ônibus, veiculo que pretende dirigir, foi na hora da prova. “Eu dei entrada na autoescola e eles já marcaram o dia de fazer a baliza. Eu sei que são 15 horas de aula, mas não tive nem 10 minutos”, disse.

Outro homem, de apenas 21 anos, que se inscreveu em outra auto escola, está prestes a mudar para a categoria E, destinada a condutores de veículos com capacidade para carga máxima de 6 mil quilos. Num documento, a instituição alega que o candidato teria cumprido todas as obrigações e que só restaria a prova prática para concluir. ” Eu perguntei: porque temos que assinar o comprovante de 15 horas de aula se não temos essa duração?”.

Conversamos com o coordenador da 4ª Circunscrição de Trânsito de Caruaru (Ciretran). Joaquim Queiroz reconhece que o sistema utilizado para registrar a presença dos alunos é falho e que vai apurar as denúncias. “Esse tipo de carteira, como a D e C, são de veículos grandes e pesados. Por isso, é importante que a pessoa esteja preparada. Como não há um controle permanente, temos que confiar em quem está administrando o curso. Por ser um curso credenciado, acreditamos que o administrador seja responsável. Mesmo assim, eu encaminho essa denúncia para minha chefia de habilitação do estado. Vamos fazer fiscalização e olhar isso de perto. Além disso, é importante que a população denuncie essas irregularidades”.

As auto escolas que querem participar do programa passam por uma avaliação antes de serem selecionadas para o CNH Popular. De acordo com o Detran de Pernambuco, oito instituições de Caruaru foram aprovadas este ano.

A especialista em trânsito, Marta Morais, fala o quanto é importante que as instruções práticas e teóricas sejam seguidas de forma adequada antes de pegar a estrada ou as ruas da cidade. “São exigidas 15 horas de aulas para fazer a adição e mudança de categoria. É importante que se tenham as aulas práticas, pois elas são de extrema importância para troca de experiências com o instrutor”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário