terça-feira, 27 de abril de 2010

Capacete imita o revestimento da cabeça e protege até 70% mais

Nos últimos 20 anos, só no Estado de São Paulo,150 mil pessoas morreram em acidentes de trânsito. É como se morresse a população de São Caetano do Sul, no ABC Paulista, inteirinha. E entre as fatalidades mais corriqueiras estão aquelas com motoqueiros – naturalmente, com seus corpos mais expostos a danos do que motoristas de automóveis. Para diminuir esse número, a empresa Lazer Helmet criou um capacete capaz de aumentar a proteção dos motoqueiros em até 67.5%, o Super Skin Solano.
Um acidente de moto pode danificar o cérebro de duas maneiras: no golpe direto, quando sua cabeça se choca contra o asfalto, a guia ou um carro; e depois, quando sua cabeça gira ao redor do pescoço, e a massa cinzenta vai batendo contra a parede do crânio por consequência do movimento. Isso acontece porque os capacetes comuns protegem do impacto externo, mas não impedem a rotação da cabeça.

O truque do SuperSkin Solano é uma cobertura que imita a carne humana, cede ao choque e gira ao redor do capacete no lugar da cabeça - o vídeo abaixo, em inglês, vai ajudar a visualizar como isso acontece. O material que cobre este capacete também se retrai até oito vezes, diminuindo o impacto.
O capacete já está disponível na Europa, será vendido ano que vem nos Estados Unidos e não há previsão de quando chegará ao Brasil. O inventor do material que o reveste, o inglês Ken Phillips, atualmente tenta adaptar a tecnologia para proteger as cabeças de esportistas.




gleydsonpe@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário