sexta-feira, 19 de março de 2010

Alunos de CFCs terão de fazer aulas práticas à noite


A partir de maio, os candidatos a motorista terão de aprender a dirigir também à noite. Uma lei publicada no Diário Oficial da União na quinta-feira obriga os Centros de Formação de Condutores (CFCs) a dar aulas noturnas de direção como requisito para conceder a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A nova regra entra em vigor em 60 dias e, segundo a Federação Nacional das Autoescolas (Feneauto), o custo da carteira poderá aumentar. O número de aulas noturnas ainda será definido pelo Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN). Atualmente, é preciso comprovar pelo menos 20 horas/aula de prática.

Segundo o deputado federal Celso Russomanno (PP-SP), autor da proposta, a mudança pode ajudar a reduzir o número de acidentes, já que os alunos serão mais preparados a dirigir em situações adversas. "O ato de conduzir o veículo à noite exige precauções adicionais. É preciso que o candidato, no processo de treinamento, se submeta a essa circunstância, para não vir a fazê-lo apenas quando lhe tiver sido concedida a permissão para dirigir", destaca.

Preço - A Feneauto diz ser "favorável a qualquer mudança que melhore a formação dos condutores". Mas, o presidente Magnelson Carlos de Souza ressalva que com uma fiscalização deficiente como a atual, o cumprimento da lei não será garantido. Souza observa, ainda, que o preço da carteira deverá aumentar, uma vez que será necessário mais tempo de aula prática para realizar as aulas noturnas.

"Teria de mudar essa regra ou comprar mais carros para atender à demanda, o que provocaria um aumento do preço", salienta. De acordo com ele, se o Contran aumentar a carga horária para além das 20 horas, o custo já ficará mais alto.


Comentário: meus colegas Instrutores estão adorando essa notícia pelo fato de ter que trabalhar à noite.



gleydsonpe@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário